Girls in Tech Brazil marca presença no Roadsec SP 2018!

jsampaio
  • By: jsampaio
  • In: Events
  • Posted: novembro 24, 2018

Roadsec SP 2018 Girls in Tech Brazil

 

A Girls in Tech Brazil foi uma das comunidades convidadas a participar do Roadsec SP 2018, o maior festival hacker da América Latina. Para essa grande festa da tecnologia, realizada 10/11/2018, levamos a mini-aula “Governança de TI – Como ser seguro na era da agilidade?” ministrada por Hanna Barros e Kelly Adriano.

Kelly Adriano e Hanna Barros“O público presente foi bem participativo e se “encontrou” nos cases e dores explorados durante a apresentação. Ao abrir para perguntas, veio uma questão importantíssima para o tema: “Que lado sente mais dificuldade para se adaptar às mudanças, negócios ou TI?”, os dois lados da moeda foram apresentados e discutidos, afinal hoje não há mais fronteiras de responsabilidades, a TI virou Negócio e o Negócio virou TI”, comenta Kelly Adriano.

Roadsec SP 2018 – o maior festival hacker da América Latina

O Roadsec é um evento que percorre vários estados brasileiros levando uma mistura única de palestras, atividades e campeonatos. Integrando assim estudantes, profissionais e comunidades em torno da celebração da cultura hacker em todas as suas vertentes: segurança, desenvolvimento, makers e ativistas.

O giro 2018 foi completado em São Paulo e contou ainda com a grande final brasileira do Hackaflag, o maior Capture The Flag do continente, valendo viagem para Las Vegas! O Roadsec SP 2018 contou com nove trilhas de conteúdo com mais de 50 palestrantes, shows de Marcelo D2, Gabriel O Pensador, Dual Core, Edgar e mais 20 DJs. Além disso, foram dois galpões repletos de atividades, comunidades, oficinas e workshops e muito mais!

Governança de TI – Como ser seguro na era da agilidade?

Kelly Adriano e Hanna BarrosA Governança de TI é a primeira linha de defesa da segurança das empresas. Porém, há a desconfiança que seus processos e estratégias possam tornar a operação da empresa mais lenta. Mas Hanna e Kelly mostraram que não precisa ser assim.

“As organizações estão passando por mudanças a todo momento e sendo impactadas pelo o mundo “VUCA”, um acrônimo para Volatility, Uncertainty, Complexity e Ambiguity. A governança exerce um papel fundamental nesse ambiente incerto, pois mantém o controle e transparência sem afetar os resultados cada vez mais ágeis e assertivos da tecnologia. Novas práticas e formas de entregar valor são experimentadas e a governança surge com um habilitador e indicador se o negócio está indo pelo caminho correto e mais seguro possível”, comenta Hanna Barros.

O Roadsec SP 2018 foi Girl Power!

Além da Girls in Tech Brazil, diversas comunidades que atuam em prol de mais Mulheres na Tecnologia marcaram presença no Roadsec. Por exemplo:

Destaque para a mesa redonda “Como construir e gerar comunidades femininas no Brasil” promovida pela Mary Meetups, que contou com a participação de representantes de outras comunidades como Mulheres de Produto e Pyladies.

Vamos conhecer melhor as palestrantes pela Girls in Tech Brazil

Hanna Barros é formada em sistemas de informação e especialista em governança e arquitetura corporativa. Entusiasta por tecnologia, atuou por diversos anos na definição de estratégias e arquiteturas de TI em grandes corporações. Hoje arquiteta do Itaú Unibanco e mãe do Pedro, vive os desafios da carreira e maternidade e sonha em ser exemplo para mulheres que querem ingressar na carreira de TI. https://www.linkedin.com/in/hanna-barros/

Kelly Cristina Adriano é gerente em uma grande consultoria, lidera projetos de estratégia de TI e Arquitetura Corporativa em empresas de grande e médio porte em diversos segmentos. Apaixonada por arquitetura e estratégia é responsável pelo desenvolvimento do time e dos serviços relacionados aos temas no Brasil. É certificada em frameworks de Governança de TI e possui MBA de arquitetura de soluções. https://www.linkedin.com/in/kelly-adriano-71463323

Fotos: Roadsec

Quer ver um pouco mais de como foi o Roadsec SP 2018? Então confira o álbum de fotos das atividades das comunidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *